CONSELHO

E encerrou na sexta-feira (7), o prazo para as inscrições aos interessados em ‘disputar’ uma das 10 vagas da nova formação do Conselho Tutelar de Ji-Paraná. O processo seletivo e eletivo é coordenado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cmdca). Segundo a comissão organizadora, foram 55 pessoas inscritas passarão por etapas de capacitação eliminatórias, até ser certificada as candidatas. Ainda esta semana, deve ser anunciado a relação final dos candidatos que apresentaram a documentação exigida.

CONSELHO

Além de Ji-Paraná, outros municípios também encerraram na sexta-feira, o prazo para as inscrições ao mesmo processo.  Cidades como Ouro Preto, Presidente Médici, Theobroma, Alvorada D’Oeste, São Miguel do Guaporé, São Francisco, Costa Marques e Vale do Paraíso terão seus moradores escolhendo os novos conselheiros para o mandato de quatro anos (2020/24). Todos eles contam apenas com um conselho, formado por cinco conselheiros, enquanto que Ji-Paraná elege dois conselhos. O descontentamento e que acabou não atraindo mais interessados é o baixo salário oferecidos pelas prefeituras.

SIM

A secretaria de Agricultura de Ouro Preto (Semagri), realizou na manhã de sexta, o primeiro certificado do Serviço de Inspeção Municipal (SIM). O ato contou com a presença do prefeito Vagno Panisoly que entregou o documento à Associação da Agricultura Familiar da Linha 166 e Região (AMAF). A Agroindústria de Frangos, a primeira a ser certificada pelo referido selo que busca legalizar as agroindústrias local. Com esse documento, os produtores passam a negociar um produto com certificado de garantida de sanidade, e que pode ser vendido em qualquer estabelecimento, agregando valor e qualidade de procedência.

RESÍDUOS

Ainda de Ouro Preto, a prefeitura via Departamento de Meio Ambiente (DMA), realizou nesta segunda-feira (10) no auditório da Associação Comercial e Industrial de Ouro Preto (ACIOP), uma audiência pública onde foi debatido o início da elaboração do Plano de Resíduos Sólidos do município. O evento, foi considerado muito importante tanto para o município, e muito mais, para a população. Representantes de vários setores como o Executivo, Legislativo, Promotoria Pública e associações debateram exaustivamente às ações a serem realizadas nos próximos 20 anos buscando a construção coletiva e participativa na gestão dos resíduos sólidos da cidade.

SESSÃO

A última sessão do Poder Legislativo (Câmara de Vereadores) de Theobroma, contou com a presença da secretária de Planejamento de Theobroma, Adenise Barcelos. Ela foi convocada para falar sobre a situação orçamentária do município, tendo relatado a realidade das contas públicas, afirmando aunda, que a previsão orçamentária relativa ao exercício de 2019 em reação a de 2018, teve uma considerável redução, em decorrência da queda na arrecadação, diminuição dos repasses, o que exige adequações nos investimentos. “O citou, a cada dia, fica mais apertado’, teria declaro.

CADASTRO

Já em Alvorada do Oeste a secretaria de Planejamento e Setor de Regularização Fundiária, alertou os proprietários de imóvel urbano, incluídos no Programa de Atualização e Modernização do Cadastro Imobiliário Fiscal de Imóveis, que não deixe de realizar o referido recadastramento. O programa objetiva atualizar informações, dados e características do imóvel junto ao setor imobiliário para a identificação do proprietário. Segundo a administração, quem não registrar seu imóvel, significa que não é dono. Portanto, registrar é importante, até para o município ter o controle de suas propriedades.

Autor:

Jornal,

Diário da Amazônia