O próximo domingo (1º), é o Dia Mundial de Combate à AIDS. A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio do Serviço de Assistência Especializada em Infecções Sexualmente Transmissíveis (SAE/IST), está intensificando os testes rápidos como forma de prevenção e diagnóstico precoce da doença. O exame fica pronto em 20 minutos, é gratuito e pode identificar infecções sexualmente transmissíveis como as hepatites, sífilis e HIV.

“Nós convidamos a população para ter o hábito de fazer o teste rápido. É preciso que a pessoa leve um documento com foto e o cartão do SUS”, reforçou a assistente social e diretora do (SAE/IST), Poliana Borchardt.

O SAE fica localizado na Avenida Porto Velho, em frente à Escola Estadual José Francisco, no bairro Dom Bosco, Primeiro Distrito da cidade. Os testes rápidos são oferecidos de segunda a sexta-feira das 7h30 às 10 horas. As Unidades Básicas de Saúde também realizam os testes rápidos que podem ser agendados.

Este ano Ji-Paraná registrou 64 novos casos de HIV positivo. Atualmente a unidade atende gratuitamente 1200 pessoas também de 17 municípios da região. A maior parte dos pacientes identificados com HIV é da faixa etária de 18 a 35 anos.

A diretora do SAE, Poliana Borchardt, lembrou ainda que o trabalho de prevenção é muito importante. “O número é crescente, principalmente entre os jovens. A maioria dos nossos pacientes são pessoas com idades entre 18 a 35 anos, que não usam preservativo”, explicou a diretora.

A Aids é causada pelo vírus HIV, transmitido por contato sexual sem preservativo com pessoa contaminada, por transfusão sanguínea e compartilhamento de objetos perfurocortantes.

Ser HIV positivo não é o mesma coisa que ter Aids. A Aids é o estágio mais avançado da doença, quando o sistema imunológico encontra-se bem debilitado. É uma doença que não mata por si só, mas afeta o sistema imunológico da pessoa, o que pode ocasionar doenças oportunistas, como a pneumonia. Por isso a importância da prevenção e o diagnóstico precoce. A doença é grave doença e sem cura, mas tem tratamento, oferecido gratuitamente pela Prefeitura.

Autor:

Assessoria

Prefeitura