A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da equipe de Equipe Arte Especial (Ponte) da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), concluiu a ponte na Aldeia Iterap, do povo indígena Arara, nesta terça-feira (23). Iniciada em 25 de outubro, com uso de maquinário adequado e atenção especial de toda a equipe, os trabalhos foram completados em 30 dias, resultando em uma ponte com vão de 35 metros.  

A velha ponte que havia no local foi avaliada pela Semosp, concluindo que não bastaria uma reforma e, sim, a necessidade de uma substituição completa. Portanto, decidiu-se pela construção de uma nova estrutura que, agora, liberada ao tráfego, resolve o problema de isolamento da comunidade indígena.

Com foco na durabilidade do trabalho executado, os pilares da ponte foram construídos com pequi, madeira de grande resistência à ação da água. A região é produtora de gado de corte, de leite e de peixes em cativeiro. Todos estes produtores e visitantes serão beneficiados.

Outra ponte

Mais uma obra foi entregue nesta quarta-feira (24), na mesma região. Trata-se de uma ponte, com 10 metros de vão, que foi reconstruída em apenas um dia de trabalho, já que grande parte da base já existia. De acordo com Odair Berger, diretor de Obras da Semosp, esta ponte está localizada sobre um igarapé, tendo como referência a localização em frente à fazenda de Mário Piloto. Antônio Carlos Florêncio (Negão) chefiou o trabalho da equipe de construção nas duas obras.