Sempre investindo em tecnologia para qualificar o atendimento à população, a Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assuntos Estratégicos (Semdae), inaugurou a Projeto Piloto de Perícia Médica Remota do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), na tarde da última segunda-feira (20), na sede da Subprefeitura.

“Mais uma vez Ji-Paraná sai na frente. É o único município de Rondônia e um dos nove do Brasil escolhido para este projeto, que visa contemplar o atendimento por telemedicina, além de evoluir a perícia médica com a ajuda da tecnologia.  Hoje as pessoas já estão sendo contempladas com este atendimento, no mínimo tempo possível, através desta parceria da prefeitura e INSS”, comentou o prefeito Isaú Fonseca.

O programa é implantado apenas nas prefeituras que possuem Acordo de Cooperação Técnica (ACT) com o INSS. O superintendente regional do INSS Norte/Centro-Oeste, Roberto Braga, o gerente executivo do INSS em Rondônia, Saulo Sampaio Macedo e o chefe da Divisão de Atendimento da Superintendência Regional Norte/Centro Oeste, Jair Guerra agradeceram o prefeito Isaú Fonseca e a secretária da Semdae, Maria da Penha Nardi pelo empenho e parceria na implantação deste projeto.

 “Vocês estão utilizando o que tem de mais moderno em termos de realização de perícia médica em estrutura do INSS. Com a tecnologia e esta parceria temos estrutura para avançar nesta solução. O cidadão não vai mais precisar ir para Porto Velho fazer a perícia”, destacou Rodrigo Braga. 

Penha Nardi disse que os servidores passaram por capacitação para oferecer um atendimento qualificado na triagem e na orientação dos usuários que precisam solicitar o auxílio-doença ou qualquer outro benefício previdenciário.  “A perícia remota já está funcionando há 30 dias e já fizemos mais de 40 atendimentos, muito relevantes”, disse a secretária.

O atendimento é realizado através de agendamento. “O usuário deve procurar a Semdae com a documentação e laudo médico, para passar pela triagem. Com toda a documentação regularizada, ele será encaminhado para o agendamento da perícia, que vai ser realizada por vídeo chamada por um médico perito do INSS. A equipe vai realizar seis atendimentos por dia”, informou Penha Nardi.

O evento contou com as presenças do presidente da Câmara Municipal de Ji-Paraná, vereador Welinton Fonseca, da vereadora Juscélia Dallapicola, entre outras autoridades municipais e estaduais. 

Fonte/Autor:

Assessoria