'Objetivo é preparar profissionais para detecção precoce da doença'

 

Cirurgiões dentistas e auxiliares do Departamento de Atenção Básica (DAB) da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) vão participar, no próximo dia 12, a partir das 8 horas, da Capacitação de Prevenção de Câncer de Boca promovido pela Unidade Hospital do Amor de Ji-Paraná.

O coordenador de Saúde Bucal, Willian Pereira Dantas, disse que a finalidade deste evento é capacitar, ainda mais, os dentistas e auxiliares para a detecção precoce de lesões pré-cancerígenas ou com lesão aparente. “A doença, quando detectada em fase inicial, permite tratamento mais efetivo e cura”, comentou o coordenador.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer da boca, também conhecido como câncer de lábio e cavidade oral, é um tumor maligno que afeta lábios, estruturas da boca, como gengivas, bochechas, céu da boca, língua (principalmente as bordas) e a região embaixo da língua.

Os principais sinais são lesões (feridas) na cavidade oral ou lábios, que não cicatrizam por mais de 15 dias, que podem apresentar sangramentos ou que estejam crescendo; manchas/placas vermelhas ou esbranquiçadas na língua, gengivas, céu da boca ou bochechas e nódulos (caroços) no pescoço e rouquidão persistente.

“As pessoas devem ficar atentas a mudança na coloração ou aspecto da boca. No caso de anormalidades ou algum destes sinais, deverão procurar um profissional de saúde”, disse Willian Dantas, informando que, devido à capacitação, no dia 12, o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) não contarão com atendimento odontológico. 

Fonte/Autor:

Assessoria